Fausto de Pizzato Tannat 2019

PRODUTOR: Pizzato REGIÃO: Serra Gaúcha
R$ 65

A Pizzato, pioneira no plantio de Tannat em espaldeiras na Serra Gaúcha, nos anos 1980, levou a variedade para o vinhedo Dr. Fausto na década de 1990 e a safra 2019 nos brinda com este vinho surpreendente.
 

Sócio Ativo Clube Adega 
De: R$ 65,00  Por: R$ 52,00
utilizando seu cupom.

 

 

Pizatto

 

A família Pizzato, com raízes na Itália, já produz vinhos há várias décadas na zona do Vale dos Vinhedos, ainda que engarrafem sob sua marca própria desde 1999. Sua vinícola está em Santa Lucía (Bento Gonçalves), uma zona de encostas e natureza selvagem onde possuem 26 hectares, com alguns vinhedos plantados desde 1986. Dali nascem os seus vinhos e espumantes da marca Pizzato, enquanto os da marca Fausto, de rótulos mais acessíveis, vêm de um terreno de 19 hectares situado a 50 quilômetros ao noroeste da vinícola, na localidade de Dois Lajeados, de condições climáticas similares, ainda que de terrenos mais planos. Anualmente a vinícola produz cerca de 230 mil garrafas, sendo 40% de espumantes, elaborados todos pelo método tradicional de segunda fermentação em garrafa. Pizzato produz parte dos melhores espumantes do Brasil, alguns muito originais, como o Vertigo Nature, que não passa pelo processo de dégorgement.

Rio Grande do Sul

 

A maior parte da produção vitivinícola do Brasil está concentrada no Rio Grande do Sul. Já, há mais de duas décadas, verifica-se o foco em cultivar uvas viníferas de qualidade e investimentos em tecnologia. As principais áreas produtoras estão em quatro regiões: Serra Gaúcha, Campos de Cima da Serra, Serra do Sudeste e Campanha Gaúcha. O protagonismo da Serra Gaúcha no cenário vitivinícola brasileiro é demonstrado por duas condições altamente favoráveis. De um lado, a presença de cidades com indústria vitivinícola já bem estabelecida, como Garibaldi, Caxias do Sul, Flores da Cunha, Monte Belo do Sul, Cotiporã, Antonio Prado e Farroupilha. De outro, a certificação de Denominação de Origem (D.O.) e Indicação de Procedência (I.P.) de áreas de produção enológica: a D.O. Vale dos Vinhedos e as I.P. Pinto Bandeira, Altos Montes e Monte Belo do Sul, além da I.P. Farroupilha (com foco exclusivo na variedade Moscatel).