Serie Riberas Gran Reserva Sauvignon Blanc 2018

PRODUTOR: Concha y Toro REGIÃO: Colchagua
R$ 102

Pelo mundo, regiões produtoras de grandes vinhos são marcadas por um rio. Daí surgiu o conceito da Serie Riberas. Os vinhedos influenciados pelo rio Rapel dão origem a este corte com base de Sauvignon Blanc capaz de conjugar vibrante acidez, textura e cremosidade.

 

Sócio Ativo Clube Adega 
De: R$102,00 Por: R$81,60
utilizando seu cupom.

Concha y Toro

 

A maior vinícola do Chile e da América Latina tem mais de 9.000 hectares de vinhedos nas principais zonas do país, desde Limarí até Maule. Fundada em 1883 pelo político e empresário Melchor Concha y Toro, a empresa iniciou um século mais tarde uma revolução interna na mão da família Guilisasti e do gerente geral Eduardo Guilisasti. Esse processo, que os levou a liderar a indústria, esteve focado em modernizar a vinícola e particularmente em expandir seus vinhedos e encontrar os terroirs adequados para suas diferentes linhas, que hoje vão desde a linha Frontera até ícones como Don Melchor. O genial enólogo Marcelo Papa dirige a equipe de enologia do grupo, com excessão de Don Melchor que alçou vôo próprio como projeto independente, na prática um “Chateau” é dirigido pelo craque Enrique Tirado.

Sauvignon Blanc

 

A Sauvignon Blanc teve suas origens no oeste da França, especialmente nas regiões do Vale do Loire e de Bordeaux. Por volta do século XVIII, cruzou com a Cabernet Franc para produzir a apreciada Cabernet Sauvignon. No século XIX, as plantações de Sauvignon Blanc em Bordeaux eram muitas vezes intercaladas com Sauvignon Vert - conhecida no Chile como Sauvignonasse -, bem como a Sauvignon Gris - uma mutação rosada da própria Sauvignon Blanc. As primeiras mudas de Sauvignon Blanc chegaram à Califórnia na década de 1880 oriundos das vinhas do Château d'Yquem em Sauternes. Mais tarde, a casta adquiriu o apelido de "Fumé Blanc" através da promoção de Robert Mondavi, por volta de 1968. Na década de 1970, a Sauvignon Blanc foi introduzida pela primeira vez na Nova Zelândia, já nos anos 1990 a Sauvignon Blancs encontrou seu terroir no Chile onde desenvolve-se com estilo cítrico, gramíneas e deliciosa mineralidade.